terça-feira, 30 de setembro de 2008

Mudar de casa

Como eu gostava… Não é que eu não goste da nossa casa, mas gostava de estrear uma casa, colocar a chave na porta pela primeira vez (embora de uma forma simbólica, seríamos os primeiros a pisá-la).
Foi com esse objectivo que fomos ver uns andares ainda em construção. Era mesmo aquilo que eu queria, um jardim colectivo, com terraço, o problema, como já devem imaginar, foram mesmo os preços.
Deslumbrados, chegámos a casa e começámos a navegar pelas mais diversas instituições bancárias, mas por mais sites que consultássemos não havia maneira de fazermos o sonho avançar… Nós nem nos importávamos de continuar com um T2.
Mas 900€ em 49 anos é muita areia para a nossa camioneta, ou melhor, para a nossa conta bancária!
Vamos mesmo optar por fazer obras na nossa casa, e quem sabe, quando estiverem construídos não nos sai um dinheirinho…

terça-feira, 23 de setembro de 2008

segunda-feira, 22 de setembro de 2008

Consulta no pediatra - 7 meses

Hoje fomos à consulta dos 7 meses com a Maria Inês e fiquei um pouco triste porque o peso dela não está dentro do desejado… Está com 6,9 kg e com 64 cm… Em 2 meses só aumentou 2 cm e 600 g...
A nível de desenvolvimento está óptima, até deu uma turra no pediatra. E fiquei toda babada quando ele me disse que se via que a princesa era feliz! Acho que melhor do que dizerem que a nossa filha é linda, só mesmo o dizerem que é feliz.

Mas voltando ao peso: diz que há 2 hipóteses, ou o baixo aumento está relacionado com a qualidade do meu leite ou com a introdução dos sólidos. No entanto, vamos aguardar mais um mês para ver qual o desenvolvimento, senão existir um aumento de 400g teremos de rever a alimentação. Confesso que na creche digo sempre para não insistirem com a comida, o que eu não quero é que a façam chorar, mas amanhã já lhes vou dizer que têm de tentar que ela coma um pouco mais de papa (embora ao fim de semana ela coma comigo 180 ml, na creche só come 140 ml). Outra coisa que penso que poderá influenciar é o meu desleixo a nível da minha alimentação, mas também já prometi a mim mesma que me vou esforçar por comer com qualidade.

A partir de agora, irei introduzir outros legumes (o agrião, a nabiça e o espinafre) e outras frutas (melão, meloa, papaia e uva) e começar com a papa com glúten. Continua a fazer apenas uma refeição de sopa ao almoço, outra de papa ao lanche e todo o resto é só com a maminha.
A refeição ao jantar só irei introduzir aos 8 meses, até lá continuamos com a mamoca. Estranhei o facto do pediatra não me dizer para introduzir o peixe, e outros legumes/frutas e então ele explicou-me que como o papá tem asma e rinite alérgica não quer arriscar nada para, no caso da Inês ter alguma dessas coisas, conseguirmos adiar ao máximo a sua manifestação. A probabilidade de ela vir a ter asma é de 40%. Mais uma vez, este pediatra prova não fazer as coisas ao acaso.

Outras dúvidas que coloquei:
- esterilização das chuchas: deixar de esterilizar, basta passar por água;
- devo adormece-la ou tentar que ela comece a adormecer sozinha: dar-lhe miminhos e ficar perto dela 20 minutos;
- pô-la na nossa cama de manhã: até faz bem, é um mimo;
- iogurtes: só deverá comer aos 10 meses, pois provocam muita acidez no estômago;
- não dar bolachas ou miolo de pão: perigo de engasgamento em relação ao pão e doce a mais nas bolachas, no máximo dar bolachas com pouco açúcar;
- fruta para ir mordendo: só mole ou muito fininha;
- água: só deverá beber em caso de diarreia ou muito calor

Fiquei um pouco triste, mas vou fazer um esforço por conseguir que daqui a um mês as 400g surjam.

Uma praia fantástica

Está é uma das nossas praias preferidas que tivemos o prazer de ir apresentar à Maria Inês. Fica perto de Porto Covo (na estrada que vem de São Torpes). Experimentem, tem poucas pessoas e como é pequena e entre as rochas...
Depois da ida à praia resolvemos dar uma volta em Porto Covo e jantar por lá: um belo arroz de marisco, só que a Inês resolveu acordar mesmo na altura em que o tacho chegou à mesa... E com um feitio...

Vila Nova de Mil Fontes


Acertaram! Só não há prémio... E os santos deram-nos tréguas, porque apanhámos uns dias com uma temperatura excelente.

Estivemos aqui http://www.dunaparque.com/casa_baby_boom.htm. As expectativas estavam demasiado altas, sendo assim, não vos posso dizer que venho maravilhada mas como conseguimos um preço muito simpático... escapam. Têm um pormenor que achei curioso: oferecem um pão alentejano a cada casa.

A Maria Inês estranhou o sítio e fez cá umas biiiiirrrrrrrras! Mas adorou a piscina de água quente, só por isso, já valeu.

Não vos digo que descansámos, mas deu para estarmos a três a tempo inteiro. Venham daí mais férias.

domingo, 14 de setembro de 2008

Já me cheira a... férias

Esta semana vamos estar de férias com direito a uma escapadinha de 4 noites. Vejam lá se sabem onde é... Acho que se avizinha um sítio muito engraçado, mas quando vier conto mais detalhes.
Espero que o São Pedro e o São ... (o do vento que não sei o nome) nos dêem tréguas para aproveitarmos uns dias de sol.

quarta-feira, 10 de setembro de 2008

Em treinos para gatinhar

A princesa já anda em tentativas mas anda enganada na direcção: vai de marcha-atrás e também já dá ao rabiosque.
Nota: quando a vou buscar à escola, a minha cama é o lugar das brincadeira, daí estar tudo espalhado e com os lençóis para trás

video

video

terça-feira, 9 de setembro de 2008

O riso é mesmo contagiante

O riso da princesa em resposta às palhaçadas do pai. Nós ainda nos rimos mais que ela só de a ver a rir.

video

sábado, 6 de setembro de 2008

Nuvem da Infertilidade

Tinha de a colocar! Foi um marco que infelizmente ou não (eu acho que não, também me ensinou muita coisa) faz parte da nossa história. Estas foram palavras que nos marcaram!
"O tamanho das palavras está relacionado com a frequência com que apareceram na lista. Como podem constatar, nem tudo é negro na “Nuvem da Infertilidade”; também há clareiras e palavras com força positiva."
Aqui fica o link http://www.apfertilidade.org/blog/ para que possam visitar o blogue da API (Associação Portuguesa de (In)fertilidade.

Toma lá papá

Logo pela manhã, a Inês presenteou o papá. Quer dizer, a prenda principal é mesmo ela, mas um presentinho também sabe bem.

video

terça-feira, 2 de setembro de 2008

Para o leitor mais assíduo deste blogue... Parabéns

Hoje é o dia de aniversário do homem das nossas vidas.

Um grande beijo para o melhor marido do mundo e para o melhor pai do universo.

Estas 31 primaveras vão ser muito especiais com a nossa maior riqueza.

Muitos parabéns amor!

segunda-feira, 1 de setembro de 2008

Traumatismo crâniano

Conforme prometido aqui fica a transcrição do planfeto que recebi no Hospital Garcia da Horta:

- um traumatismo crâniano é uma "pancada na cabeça";
- todas as crianças mais cedo ou mais tarde se magoam na cabeça;
- depois de uma "pancada na cabeça" é vulgar ter algumas dores de cabeça ou até vomitar 1 ou 2 vezes;
- são factores de alguma gravidade:
- perda de conhecimento
- amnésia (não se lembrar de factos)

O importante é:
- lavar e desinfectar as feridas;
- aplicar gelo nos hematomas;
- repousar (deixe-o adormecer se ele quiser e acorde-o ao fim de 2 horas);
- vigiar nas próximas 48 horas:
- dores de cabeça intensas;
- vómitos persistentes;
- alterações do comportamento (grande sonolência, irritabilidade);
- alterações da visão;
- movimentos anormais.

O primeiro grande susto

No domingo à tarde apanhámos o nosso primeiro grande susto com a princesa. Eu estava a brincar com ela na cama do meu irmão e decidi, num rasgo de estupidez, levantar-me e ir ter com ele à sua secretária. Bastaram segundos... mal olho para trás, vi toda a sequência, a princesa caiu estatelada no chão... Ela estava de barriga para cima e conforme se virou... Entrámos em pânico, eu termia por todos os lados.
Colocámos-lhe água na cara, ela sangrava do nariz e gritava como senão houvesse amanhã, completamente assustada não só da queda mas também da nossa reacção.
Decidimos levá-la ao Hospital Garcia da Horta, parecia um caminho interminável. Fomos logo atendidos, disseram-nos para pormos gelo e para a deixarmos dormir se ela quisesse (não sabia que podia dormir). Passado algum tempo foi vista por uma médica e decidem fazer um rx, mas a médica descansou-me logo, disse-me que isto acontece e que eles são mais fortes do que imaginamos.
Vou fazer o rx com ela, no meio de muita macacada, não é fácil mantê-la quieta... O técnico diz-me para aguardar para ver o rx está ok. Chega cá fora e diz-me: "Em cima tem um rasgo mas à frente está tudo bem, deixe ver se a médica quer repetir". Eu fiquei branca, o que vale é que a minha mãe percebeu logo que ele estava a falar da fotografia e não da cabeça. Podia ter sido mais explicito ...
Depois da médica ver o rx viemo-nos embora com indicação de a vigiarmos durante 48 horas (depois colocarei um post com as informações que ela me deu num folheto). Fomos muito bem atendidos.
Já viram como ficou o narizinho dela? Fui tão estúpida! Como é que eu deixei que isto acontecesse, que estou mais que informada e que nem sequer tinha a ideia de que isto só acontece aos outros... Bem, o pior já passou, mas digo-vos que o peso da culpa é pesado.
Resta-me dar muitos miminhos à minha princesa e ficar contente por não ter passado de um susto: um grande susto.

Pesadelos

A noite passada (de sábado para domingo) a princesa acordou com um choro diferente, levantei-me e tentei acalmá-la mas não estava a conseguir, tirei-a da cama e ela só fazia um beicinho de cortar o coração. Depois de medirmos a febre e de verificarmos a fralda, eu e o pai começámos a fazer-lhe palhaçadas para ver se ela se acalmava, ficava bem durante um bocadinho mas depois voltava o beicinho.
Só mesmo depois de lhe dar uma maminha é que a consegui acalmar. Não era fome porque ela mamou ás 23 da noite e eram 3 da manhã, e a princesa já dorme a noite toda.
Será que foi um pesadelo?! Mas foi de cortar o coração...
Deixo-vos aqui esta foto, porque mesmo a chorar ela enche-nos de baba.