segunda-feira, 25 de janeiro de 2010

Temos estudante

Lembram-se da cadeira que ando a fazer? Hoje de manhã, a professora enviou-me um e-mail a dizer que tive 19. Que maravilha! Acho que todas aquelas comparações deram resultado.
Agora o difícil vai ser bater-me a mim própria.
Para além disso, a minha amiga, recebeu hoje o resultado e não terá de passar por tratamentos, o problema ficou ultrapassado. Daqui a cerca de 2 meses já poderá proceder à reconstrução da mama. Viva a vida!

sábado, 23 de janeiro de 2010

Indo eu, indo eu a caminho de viseu

Não, não encontrei o meu amor, pelo menos por enquanto, mas tive uma experiência espectacular. Continuo a achar que o meu talento para o teatro é quase nulo, mas de uma forma engraçada, conseguimos pôr a plateia a rir e a pensar na responsabilidade corporativa. A adrenalina foi muita, até porque para além de representarmos, no final cantámos uma versão da música dos Xutos “Á minha maneira”. Tudo escrito por nós, isso sim, já é a minha onda.
Aqui fica a foto da D.Esperança e D.Bernardete, o encontro de um agente exclusivo com uma cliente do interior em pleno supermercado. O desafio foi conseguir conter o riso com a prestação da minha colega, essa sim, com uma veia que estava escondida.
A foto do grupo de Alfas.

No final tivémos direito a uma agenda espetacular, aconselho vivamente, concilia a parte de agenda dita normal, com montes de dicas sobre responsabilidade coporativa mas de uma forma apelativa. Esta agenda foi concebida pela empresa que organizou todo o envento.
Ficou no ar que iremos repetir a acção em vários comités. Vamos ver se ainda nos calha algum oscar.





terça-feira, 19 de janeiro de 2010

No Panda

E para a estreia da máquina, já tirámos esta foto linda da princesa. Já tratei de tudo no Panda e no dia 23/02/10 iremos ver a princesa na televisão.

Já temos maquina

quinta-feira, 14 de janeiro de 2010

Cantorias

Ouçam lá as cantorias da minha princesa. O coelho branquinho e a sua versão dos parabéns. Linda!

video

video

Mercados a prazo

É o nome da cadeira que ando a fazer na pós-graduação. Basicamente, falamos de derivados, futuros, opções, coisas com nomes muito interessantes. E não, derivados não são aquelas coisas da matemática, como me disse a minha irmã (mas fica já aqui a ressalva, que nas Línguas ela leva a melhor). Generalizando, são produtos financeiros, mas, segundo a minha professora, existe uma relação muito próxima com a vida quotidiana. Ora bem, os principais interessados são os hedgers e os especuladores, e sabem a quem se comparam os especuladores: aos noivos. É que acreditam que vai dar certo e ainda convidam pessoas para assistir, completamente dispostos a assumir o risco. Só me consegui rir… De uma forma ou de outra já não me esqueço desta parte da matéria. Amanhã irei fazer o teste intercalar, vamos ver se estas comparações me ajudam.

Eu e a princesa temos estado em baixo de forma, eu com umas anginas e com um febrão, e ela constipada e tosse, o normal neste tempo tão frio.

É verdade, para a semana terei a minha estreia enquanto actriz, a D. Esperança vai para Viseu. Depois conto tudo.

quinta-feira, 7 de janeiro de 2010

Um miminho para uma amiga

Tenho uma amiga a passar por uma situação complicada de saúde. Felizmente foi operada ontem e correu tudo muito bem, embora se avizinhe sempre um processo complicado... é que para além dos tratamentos é um órgão que a nós mulheres nos diz tanto. Mas é como eu lhe digo, como compensação, no final do pesadelo, vai ficar com umas mamocas de fazer inveja.
Já viram que escrevi o último parágrafo sem chamar o bicho pelo nome, parece que todos nós sofremos com este estigma de nem falar nele para que ele não se lembre de nós, nem de ninguém que nos está próximo. A realidade é que a nossa forma de luta contra o cancro não passa pelo silêncio, mas sim pelos rastreios.
Um grande beijinho das princesas deste blogue para ti.

terça-feira, 5 de janeiro de 2010

Que falta de civismo... ou não

Hoje de manhã, depois de ir levar a princesa à creche, já ia atrasada, para não variar, a ouvir a minha música para descontrair, quando em plena fila de transito me dão um toque no carro!
Ok! Saí do carro, fui ter com a pessoa, que me disse logo que tinha batido mas para eu desviar o carro, coisa que eu não fiz, mas a dita pessoa resolveu desviar o carro para ver os “estragos”. Realmente vimos que não é nada de especial, mas eu ando com o carro da minha mãe ( o meu está na oficina) e não ia chegar ao pé dela com o carro com a mazela, por mais pequena que fosse, sem justificação. Digo à pessoa, estou a tratá-la com carinho, que é melhor preenchermos a participação amigável, e ela com uma grande lata diz-me: “Mas eu não lhe bati no carro!”.
Eu nem queria acreditar, eu só lhe disse se ela tinha mesmo coragem de dizer isso na minha cara. E ela super descontraída a dizer que tinha de sair dali e tinha de se despachar. Juro que por instantes, tive de me controlar, pois ela esteve quase para levar umas que estão guardadas, mas não é que surge um Senhor que assistiu a tudo de um café e se disponibilizou logo para testemunhar o ocorrido.
E agora vou até ao fim e aquela P… (pessoa) vai pagar tudo aquilo que me for devido, e o senhor certamente será pago com um acto de civismo de uma outra pessoa. Quem me conhece, sabe que a atitude deste senhor seria a minha, e geralmente, neste tipo de situações, tenho sempre uma estrelinha.
O mais engraçado é que quando voltei ao carro a música ainda tocava para me animar o dia.

Vacina: Gripe A

A Maria Inês já foi vacinada. Depois de muito ler, pesquisar, voltar a ler e a pesquisar... optei por seguir a opinião do pediatra da princesa e vacinei-a contra a famosa gripe A.
Já levou a primeira dose, e os primeiros dias não correram muito bem, desde febre a um mal estar geral, mas já passou. Agora no final do mês terá de levar a 2ª dose.
As opiniões são muito contraditórias, mas como é que eu me perdoaria se a princesa apanhasse a gripe e ela tivesse alguma complicação... Esperemos que a decisão tenha sido a acertada.

Parabéns atrasados

É o que este blogue está a merecer! É que eu nem sequer lhe dei os devidos parabéns, mas aqui ficam: Muitos Parabéns!
Já foi no ano passado, mas como o Natal é quando um Homem quiser, acreditemos que é extensível aos aniversários dos blogues.

Que seja o ponto de partida para o retomar de um prazer!

Vivam os blogues!