quarta-feira, 9 de janeiro de 2008

4ªaula: As belas das imagens

Ao contrário do que estávamos à espera, as imagens não foram chocantes e até foram bastante esclarecedoras. Segundo a enfermeira há quem desmaie nesta aula, mas os casais no sábado estavam todos bem preparados...

Aqui ficam algumas dicas da aula:
- Falámos sobre o famoso “toque”. O toque é apenas a inserção de 2 dedos na vagina e, ao contrário do que é habitual ouvir não é doloroso (à excepção dos toques feitos na maternidade para aceleração do parto). E quando nós ouvimos que a mãe já tem 3 ou 4 dedos não é enfiando esse número de dedos que se faz essa verificação e sim através da abertura dos dedos (tipo anuncio do twix) no colo do útero;
- A epidural é uma zona do corpo e não o nome da anestesia! Ficámos a saber que aqueles mitos de paralisias são completamente falsos já que a agulha que é injectada na epidural não tem comprimento para chegar à medula;
- Antes de ser administrada é efectuada uma anestesia local e ao contrário do que eu pensava não ficamos com a agulha enfiada, o que fica na epidural é um cateter maleável (plástico);
- Deve-se mostrar confiança ao anestesista, já que, segundo a enfermeira, uma parturiente que entre a apregoar que não quer anestesia, se decidir voltar com a palavra atrás vai ser difícil convencer o anestesista;
- As maiores mazelas serão: meningite (ela só viu 2 casos em 12 anos) e dores de cabeça terríveis (acontece quando o anestesista toca numa zona (não me lembro do nome)) mas é resolvido na altura se for logo detectado, ou após uma semana, no limite;
- A episiotomia é feita na diagonal e não na direcção do ânus, para não deixar mazelas nessa zona;
- Há cesarianas, e cada vez é mais comum, a fórceps e ventosas. Acredita-se que mesmo na cesariana, o corte deve ser pequeno, para dar luta ao bebé na altura de nascer e fazê-lo criar adrenalina, dai a utilização destes instrumentos. Há estudos que indicam que a luta pela saída do útero favorece a integração do bebé neste nosso mundo;
- Como as mamãs têm pavor aos fórceps, entre o pessoal médico optou-se por durante o trabalho de parto utilizar outra palavra para esse instrumento. A enfermeira não quis revelar qual, para no caso de nos acontecer não entrarmos em pânico;
- No pós-parto a mamã só deve desinfectar os pontos três vezes por dia, mesmo que opte por se lavar mais vezes não deve desinfectar;
- A mamã deve-se sentar em cima dos pontos e não de lado como é habitual vermos. Segundo a enfermeira, ao início pode custar mas temos de o tentar fazer para irrigar toda a zona de igual forma, e assim, minimizar a dor.

Finalizámos a aula com a ginástica ao períneo e começámos com um novo exercício da famosa respiração à “cão cansado”. Nesta respiração temos de inspirar e expirar pela boca, como se tivéssemos uma chama no nariz, e deve ser ritmada. Ficam a saber que estão a fazer bem, se durante essa respiração tentarem contrair as nádegas e não conseguirem fazer as duas coisas em simultâneo (a respiração tem de manter o mesmo ritmo).
Esta respiração serve para que durante o trabalho de parto, se tivermos vontade de fazer força, só a façamos depois de sermos vistas por alguém. Até lá vamos fazendo o cão cansado…

6 comentários:

OD disse...

Parece-me que já não preciso ir ás aulas ;)
Bom tou a brincar eu vou iniciar as minhas aulas a sério já amanhã, depois conto como foi :)

Maria José disse...

Tenho um miminho no meu blog para ti, quando puderes vai lá.
bjs

Mary disse...

Bom... e cá continuo eu a aprender contigo uma vez que não deverei frequentar as aulas de preparação.
BJs

MariaVicente disse...

tudo certinho, ainda me lembro destas coisinhas, afinal a minha cabeça está a funcionar, eh eh eh
obrigado por partilhares. beijoca

Catarina disse...

hehehe, afinal as aulas não são muito diferentes umas das outras...

beijocas
cat

mamã ET disse...

pois é... a enf. das minhas aulas disse k nos dizem isso dos forceps quando n estamos a fazer força suficiente!!
" n está a fazer força, assim temos que ir buscar os forceps".
Não sei se é ou não, mas... mais vale fazer muita força!!!
Jokas e felicidades