sábado, 2 de agosto de 2008

O acontecimento... menos desejado

Conforme já andava a murmurar em algumas mensagens o regresso ao trabalho está a chegar e consequentemente o ingresso da Inês na creche.
Quando engravidei, e se eu queria que acontecesse, achei que 5 meses iriam ser uma eternidade e como é que ia ficar sem o meu trabalho, mas a verdade é que nem lembro do trabalho e os 5 meses voaram.
Sinto o meu coração tão apertadinho. Será que a minha menina vai ficar bem? Vai chorar muito? Elas vão dar-lhe carinho? Custa-me mesmo muito...
Na segunda-feira vai ser a estreia, mas eu só vou trabalhar na quarta-feira. No primeiro dia estou a pensar deixá-la só até ao almoço e só no dia seguinte fará a sesta. Como foi com vocês, ou melhor, com os vossos bebés? É que em relação a mim já sei que me vai custar muuuuuuuuiiiiiiittttoooo!

17 comentários:

Maria José disse...

Eu senti a falta dela do cheiro de tudo, mas não sei cada pessoa deve reagir de maneira diferente,
mas olha é tão bom quando chegamos ao fim do dia e vem aquele sorriso lindo e os miminhos delas.
Espero que entres com o pé direito na quarta
bjs

abotelho disse...

Miga, força!!!
Eu sei que te deve estar a custar horrores!!!!

Bjoquinhas

{Estreladomar} disse...

Nem posso imaginar como está o teu coraçãozinho.
Vai custar muito nos primeiros dias mas depois é tudo uma questão de hábito, uma rotina diária.

Vá... força!

A pequerrucha está a torcer por vós!!

Beijinhos e bom domingo

;-)

mãe pimpolha disse...

Eu acho que me vai custar muito mais a mim. Vamos sobreviver por muito que custe.
Boa sorte.

Sofia e Pedro disse...

Olá querida mamã, a Joana vai iniciar a creche no dia 01/09 mas o meu regresso ao trabalho foi pautado por muitas, muitas saudades. É um sentimento comum a todas as mães, sendo que o nó na garganta se vai dissolvendo à medida que os dias passam.
Imagino que te seja dificil deixares a tua filhota na creche mas verás que ela se vai adaptar muito bem. Eu vou telefonar todos os dias para a creche, disso tenho eu a certeza!
Beijinhos,Sofia,Pedro e Joana

Maria Pereira disse...

Custa muito mesmo... Estamos sempre em pulgas para voltar para junto deles. Mas pior ainda foi qd ele fez 1 anos e as horas para a amamentação foram embora... Mas tem de ser e acabamos por dar mais valor ao tempo que estamos junto deles.

Uma beijoca e coragem muita

Tété £ Xavier © disse...

Nem me fales que só de pensar nesse assunto fico AZUL :o(
Eu irei fazer a adaptação ao longo de uma semana e da forma que vais fazer parece-me bem.
E o positivo de tudo isto é que para eles vai custar menos que nós como tal ficamos um pouco mais aliviadas...
Bom regresso ao trabalho ;o)
Beijos
Tété & Xavier

mamã ET disse...

Oh mamã, muita força, vai tudo correr bem...
Jokitas

Anónimo disse...

Espero que esteja a correr bem :P
Eu não sofri muito porque foi por pouco tempo (2 semanas) e ele ficou muito bem com o pai ;)
Agora estou de férias :P Já sei que este mês vai passar a correr :(
Vamos ver como vai ser em Setembro :P
Bjs!

Criolinha+S

MarianaS disse...

Oxalá este primeiro dia tenha corrido bem. Realmente, essa é uma fase crucial, em que parece termos de readaptar toda a nossa vida outra vez, não é?
Eu só regresso em Outubro...
Beijinhos e coragem.

CARLUXA disse...

Dá para perceber perfeitamente a tua ansiedade, mas vai tudo correr bem, se Deus quiser.
Já percebi que foste acompanhada na CUF, como se chamava o teu médico? será que dá para me deixares um comentário no meu blog?
Beijocas

Joana Baptista disse...

Olá mamã!

Eu estou um pouco arrependida de ter optado pelos 4 meses em casa, devia ter escolhido os 5. Não deve ser fácil deixarmos os nossos bebés. força e torcemos para que corra tudo bem.
Beijinhos e miminhos

Tita disse...

Como eu te percebo...Tb me vai custar horrores, dói só de pensar... Esperemos que corra tudo bem, não é?

Então essa mulher já se vira d barriga para baixo? Aqui a minha nada, só para os lados!
Bjocas

amora disse...

oh minha querida acho que não há volta a dar a essa angústia. Estou certa que o tempo ajudará mas imagino que nos primeiros dias seja terrível. Agora eu acho que as mamãs acabam por sofrer mais que os bebés, eles ficam bem e apesar do mimo poder não ser o mesmo eles sao concerteza mto bem tratados e acabam por gostar mto de lá estar.

Mta força amiga!

um gde beijinho

Susana Pina disse...

Ohhh!!! Pat, sempre ouvi dizer que custa tanto...mas se Deus quiser vai correr tudo bem, com ela e contigo. Vais ver que ela se vai adaptar muito bem com as outras crianças, e carinho...esse amiga não será com toda a certeza como o da mãe, mas ele também não lhe irá faltar.
Um bj enormeeeeee nesse coração apertadinho
Susana

Praia disse...

Vai custar... as lagrimas devem te cair... mas depois passa.
Beijokas e muita saude e sorte para a tua estrelinha.

CARLUXA disse...

Linda só vieste confirmar aquilo que eu já desconfiava quando vi o teu Dr. J.
Espero realmente estar em boas mãos. O meu marido desconfiou sempre dele. Ele diz que acha que ele é muito despachado e despreocupado. Não dá indicações nem informações.
Mas como sei que estou acima de tudo nas mãos de Deus. Estou mais descansada.